Autores

Orlando Pedroso

Paulistano, nasceu em 14 de fevereiro de 1959. Em 1978, publicou seus desenhos pela primeira vez, já na época da abertura política, no jornal Em Tempo. Morou na Europa por três anos e meio. De volta, em 1985, passou a colaborar com o jornal Folha de S.Paulo e com as melhores e piores publicações da cidade. Em 1997 expôs no Espaço Unibanco de Cinema de São Paulo e do Rio os desenhos de Como o Diabo Gosta. Em 2001, no Espaço Ophicina, em São Paulo, expôs Olha o Passarinho! Em 2002, organizou o livro Dez na Área, Um na Banheira e Ninguém no Gol, Prêmio HQMix de melhor ilustrador de 2001. É pai de duas meninas, leitoras vorazes. Quando eram pequenas, ficava pensando em quando conseguiria desenhar tão bem quanto elas. Pela Global Editora, é autor/ilustrador de Vida Simples. Também ilustrou Coração Roubado e Dinheiro do Céu, de Marcos Rey; 2 Dedos de Poesia, de Luís Pimentel; Histórias de Um Pequeno Astronauta e Não vou Dormir (em espanhol No Voy a Dormir), de Christiane Gribel; Rabiscos ou Rabanetes, de Sylvia Orthof; Sapo Amarelo e Só Meu, de Mario Quintana; Tigres no Quintal, de Sérgio Capparelli; e Tutu, o Menino Índio, de Toni Brandão.

Livros

Ver os livros desse autor(a)

Vídeos
image
Filosofias baratas me são as mais caras - o clima do lançamento
image
Filosofias baratas me são as mais caras - lançamento de Orlando Pedroso
image
Lançamento de Filosofias baratas me são a mais caras
image
Vida Simples
image
Não Vou Dormir
image
UÊBA! Voltando da Escola
image
O começo da carreira de Orlando
image
Leituras e Influências