Autores

Adriano Espínola

Nasceu em Fortaleza, Ceará, em 1952. Professor da Universidade Federal do Ceará, lecionou como professor visitante no Departamento de ciência da Literatura da Universidade Federal do Rio de Janeiro, no período de 2003 a 2007. Como Ensaísta, publicou As artes de enganar: um estudo das máscaras poéticas e biográficas de Gregôrio de Mattos (2000), sua tese de doutorado. Em 2009, lançou o livro de contos Malindrânia (relatos). Seu livro - poema Táxi foi traduzido para o inglês por Charles Perrone e lançado, em Nova York e Londres, pela Garland Publishing, na coleção World Literature in Translation. Como escritor convidado, participou, entre outros eventos, do Festival Internacional de Poesia do Mundo Latino, em Bucareste (1997); do 18º Salão do Livro, em Paris (1998) e do Congresso de Escritores Brasil-Portugal, no Porto (2000). Obra poética: Fala, favela (1981); O lote clandestino (1982); Trapézio (1984); Táxi - ou poema de amor passageiro (1986).

Ver os livros desse autor(a)