Autores

Álvaro Moreyra

Nasceu em Porto Alegre em 23/11/1888. Formou-se em Ciências e Letras em 1907 e ingressou na Faculdade de Direito de Porto Alegre em 1908, quando passou a colaborar com o Jornal da Manhã. Em 1909 publica seus primeiros livros de poesia: Degenerada e Casa desmoronada. No ano seguinte, Já no Rio de Janeiro, torna-se colaborador da revista Fon-Fon! e publica Um sorriso para tudo, seguido, em 1921, de O outro lado da vida. Integra o grupo Modernista. Publica Cocaína em 1924 e três anos depois cria o Teatro de Brinquedos. Suas obras se sucedem: A boneca vestida de Arlequim, O circo, Caixinha dos três segredos e O Brasil continua..., As amargas, não... e O dia nos olhos. Em 1958 recebe o Prêmio de melhor disco de poesias, com Preg§es do Rio antigo, ano em que Lança Havia uma oliveira no jardim. Em 1959 é eleito para a Academia Brasileira de Letras. Morre em 12/10/1964, no Rio de Janeiro.

Ver os livros desse autor(a)