Autores

Alexei Bueno

Nasceu no Rio de Janeiro, em 1963. É pesquisador, ensaísta, editor e tradutor. Como editor, organizou, entre outros livros, a Obra completa de Augusto dos Anjos (1994); a Obra reunida de Olavo Bilac (1996); a Poesia completa de Jorge de Lima (1997) e Poesia e prosa completas de Gonçalves Dias (1998). Traduziu para o português As quimeras (1996), de Gérard de Nerval, também com edição portuguesa. Publicou uma edição comentada de Os lusíadas (1993) e organizou a Correspondência de Alphonsus de Guimaraens (2002). Organizou, ainda, entre outras, as antologias: Grandes poemas do Romantismo brasileiro (1994); Antologia da poesia portuguesa contemporânea: um panorama (1999, com Alberto da Costa e Silva); Anthologie de la poésie romantique brésilienne (2002, Paris); Poesía brasileira hoy (2004, Santiago de Compostela) e Antologia pornográfica: de Gregório de Mattos a Glauco Mattoso (2004). Ensaísta em O Patrimônio construído: as 100 mais belas edificações do Brasil (2002, com Augusto Carlos).

Ver os livros desse autor(a)