Mário Faustino

26 de abril de 2018

Mário Faustino dos Santos e Silva nasceu em Teresina (PI), em 1930. Estudou Direito em Belém (PA), entre 1949 e 1951, mas não chegou a concluir o curso. Na época, já trabalhava como redator dos jornais A Província do Pará e Folha da Noite. Em 1955 foi publicado, no Rio de Janeiro, O homem e sua hora, seu único livro de poesia. No período de 1956 a 1958 criou e dirigiu a página “Poesia Experiência” no Suplemento Literário do Jornal do Brasil, no Rio de Janeiro, época em que também lecionou na Escola de Administração Pública da Fundação Getúlio Vargas. Por volta de 1953 foi chefe da Seção de Divulgação da Superintendência do Plano de Valorização Econômica da Amazônia. Em 1960, exerceu o cargo de diretor adjunto do Centro de Informação Pública da ONU. Mário Faustino foi um dos grandes jornalistas literários de seu tempo. Morreu na Cidade de Dios, Peru, em 1962.