» Leia mais"/> » Leia mais">

Fagundes Varela

Nasceu em 1841 no município de Rio Claro, na então província do Rio de Janeiro. Encarnou em vida o perfil do verdadeiro poeta romântico: boêmio, errante e desregrado, apesar de ter sido um homem de reconhecível fé e formação altamente culta e religiosa. Estudante de Direito em São Paulo, casou-se em 1862, ocasião em que se transfere para Recife e volta para o Rio de Janeiro sem concluir o curso. Com a morte prematura de seu filho em 1863, a quem dedicou o poema “Cântico do Calvário”, seu vício com álcool e sua vida boêmia acentuaram-se, de modo que nem um segundo casamento e a presença de outros filhos remediaram seus períodos de vadiagem e andança. Faleceu em 1875, na cidade de Niterói. Alguns de seus poemas encontram-se em Melhores Poemas Fagundes Varela, com seleção e prefácio de Antonio Carlos Secchin e Roteiro da Poesia Brasileira: Romantismo, com seleção e prefácio de Antonio Carlos Secchin, ambos publicados pela Global Editora.

Livros em destaque