» Leia mais"/> » Leia mais">

Carlos Nejar

Nasceu em Porto Alegre, RS, em 11 de janeiro de 1939. É poeta, ficcionista, tradutor e crítico de literatura. Formou-se em 1962 em Direito pela Universidade do Rio Grande do Sul, Porto Alegre. No ano seguinte foi aprovado em Concurso para o Ministério Público Gaúcho. Como Promotor de Justiça viajou pelo interior do estado, onde testemunhou seu tempo e seu povo, temática muito presente em seus poemas. O Campeador e o Vento (1966), quarto livro do poeta, foi considerado uma nova épica na poesia contemporânea. Entre 1965 e 1973, foi professor de Português e Literatura, em diversos estabelecimentos de ensino do Rio Grande do Sul. Em 1987 a Associação Nacional de Crítica Literária, do Rio de Janeiro, outorgou-lhe o Prêmio Monteiro Lobato pelo seu livro infanto-juvenil “Era um Vento Muito Branco”. Em 1989 foi eleito membro da Academia Brasileira de Letras. Sua obra está traduzida em várias línguas. Aposentou-se como Procurador de Justiça e mesmo aposentado exerce advocacia no Espírito Santo.

Livros em destaque