Torquato Neto

Nascido em Teresina, Piauí, em 1944, Torquato Neto foi poeta, compositor, jornalista, ator e cineasta. Em 1961, foi para Salvador, onde conheceu Gilberto Gil, Caetano Veloso e Gal Costa. Posteriormente, no Rio de Janeiro, formou com estes e outros artistas como Capinam e Tom Zé o movimento tropicalista, o qual fundia referências de diferentes gêneros musicais diversos como a bossa nova, o rock e ritmos regionais. Em 1968, após a prisão de Caetano e Gilberto Gil, resolveu deixar o Brasil. Depois de um ano morando em Londres e Paris, ele retornaria ao Rio de Janeiro, conseguindo, em 1971, um emprego no jornal Última Hora, onde criaria a coluna “Geleia Geral”. Nela, veiculava notícias e críticas sobre música, poesia e cinema, privilegiando a produção dos artistas marginais com os quais se identificava. Seus poemas demonstram grande liberdade de pensamento e de forma. Foi autor de letras com colegas do tropicalismo e teve poemas de sua autoria transformados em música, como foi o caso da canção “Go back”, dos Titãs, composta a partir de um poema de Torquato escrito em 1971. Faleceu no Rio de Janeiro, em 1972.

Livros em destaque